21 dezembro 2006

..lady day and john coltrane for X'mas.

ever feel kinda of down and out and don't know just what to do?
livin' all of days in darkness, let the sun shine through
ever fell that somehow, somewhere you lost your way?
and if you don't get help you won't make it through the day
you could call on lady day!
you could call on john coltrane!
they'll wash your troubles, your troubles away
plastic people with plastic minds on their way to plastic homes
there's no beginning, there ain't no ending
just on and on and on and on and...
it's all because we're so afraid to say that we're alone
until our hero rides in, rides in on his saxophone
you could call on lady day!
you could call on john coltrane!
they'll wash your troubles, your troubles away

gil scott-heron (born april, 1949) is an american poet and musician known primarily for his late 1960s and early 1970s work as a spoken word performer. he is associated with African american militant activism, and is best known for his poem and song 'the revolution will not be televised'.
in wikipedia

gil scott-heron é o pai fundador de grande parte da música urbana negra que surgiu nos estados unidos na transição de 70 para 80 - de modo simples: rap e hip-hop beberam aqui muitos princípios musicais e parte importante da sua arquitectura expressiva.

gil scott-heron escreveu a canção 'lady day and john coltrane' (cuja letra acima reproduzo) e que, mais do que um tributo a dois gigantes do século XX - a divina billie holiday e o imenso john coltrane -, é uma ode ao poder da música (e da palavra combinada com música) como bálsamo para todos nós.

como alguém disse, a matemática e a música são provas da existência de Deus.

se tiverem a sorte de encontrar esta canção, gravem-na numa k7, num cd, num mp3. saiam porta fora e caminhem cidade dentro (ou de carro, de janelas bem abertas e volume bem alto), escutando-a 'en repeat contínuo'.

entenderão, então, melhor aquilo que quero dizer.

esta é também a minha forma de desejar a todos os poucos que fazem a gentileza de ir passando as mãos por estas flores de inverno um

NATAL-MUITO-FELIZ-MUITO-NATAL

4 Comments:

Blogger cristal said...

obrigado Gi e um 2007 cheio de flores

quinta-feira, dezembro 21, 2006 1:58:00 da tarde  
Blogger Nuno Guronsan said...

Como também por aqui tenho colhido flores intensas de inverno, agradeço os votos e redirecciono-os para ti.

Meu caro Gi, um feliz Natal e que 2007 traga um perfume de flores ainda mais belo. Um abraço.

quinta-feira, dezembro 21, 2006 9:42:00 da tarde  
Blogger Gi said...

obrigado, AMIGOS.
mais não seja pela vossa imensa simpatia (e mais alguma coisa), já valeu a pena arregaçar as mangas, semear as primeiras flores e cuidar deste pequenino jardim d'inverno. um jardim tem em si mesmo um lado zen - de despojamento e redução à essência. eis um caso em que 'reduzir' é 'ampliar'.
multiplicai-vos, flores! como as rosas da natália, ou os pequenos ladrões de lojas do morrissey - 'unite and take over'.

sexta-feira, dezembro 22, 2006 10:18:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

ter o previlégio de poder passar as mãos por algumas flores deste jardim, é a oportunidade perfeita de encher a vida de fragrâncias coliridas de sons angelicais.

um bom natal para ti tb

dad

domingo, dezembro 24, 2006 1:02:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home