15 janeiro 2007

postcards: 'the starsailor'

timothy charles buckley III (february 14, 1947 – june 29, 1975) was an experimental vocalist and performer who incorporated jazz, psychedelia, funk, soul, and avant-garde rock in a short career spanning the late 1960s and early 1970s.
buckley often regarded his voice as an instrument, a talent most exploited on his albums g
oodbye and hello, lorca, and starsailor.
he was married to mary guibert, with whom he had a child, musician and singer jeff buckley, also known for his three-and-a-half octave voice, who died in 1997.
- in wikipedia

isto é dizer quase nada sobre este rapaz que navegava por entre as estrelas. mais, muito mais, dizem as canções.
abaixo encontram uma pequenina seleccção pessoal - 7 canções que nos revelam um rapaz extraordinário (tim) que, por um daqueles sentidos cujo alcance último não descortinamos, foi pai de outro rapaz extraordinário (jeff).
a mim, quando me falam de linhagens de sangue, de uma certa forma de nobreza hereditária, lembro-me sempre de um nome: 'buckley'.

morning glory
dolphins
happy time
once i was
song to the siren
hallucinations
sing a song for you

1 Comments:

Blogger ana said...

Pegando em "linhagens", procurei o que esta para lá do sangue: A magia de uma ligação hereditária. Escutei Auster na minha mesinha de cabeceira e deixo aqui o seu susurro: "Apercebo-me agora que devo ter sido um mau filho. Ou se não fui exactamente um mau filho, então pelo menos fui decepcionante, uma fonte de confusão e tristeza. Para o meu pai, ter por filho um poeta era algo que não fazia o mínimo sentido.(...) A descrição mais comum que fazia de mim era que eu andava sempre com 'a cabeça nas nuvens', ou então que 'não tinha os pés bem assentes na terra'. De uma maneira ou de outra, uma coisa é óbvia: para o meu pai, eu não devia ser uma pessoa sólida, consistente; era como se, de algum modo, eu fosse uma criatura etérea, não completamente deste mundo.(...) No entanto, houve não sei que laço que permaneceu intacto. Não éramos íntimos, mas mantínhamo-nos em contacto".

terça-feira, janeiro 16, 2007 4:16:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home